segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Desfile de Blocos carnavalescos continua nesta segunda-feira

Desde o último sábado (06) que o segundo maior município de Santana vem sendo a referência de divertimentos e atrações para o Carnaval 2016 no Estado.

De acordo com a Liga dos Blocos de Micareta e Carnaval de Santana, o início desta semana contará com desfile de blocos, além da tradicional "Banda" da cidade nos horários da noite, onde mais de 45 mil pessoas estiveram presentes no último final de semana na abertura do Carnaval santanense.

A programação desta semana continua assim:

Dia 08/02/2016 (segunda-feira)


22h Desfile dos blocos oficiais: Bebo Todas, Porto Folia, Bloco UAU, Bloco NaBalada, Bloco Flanáticos S/A.

Dia 09/02/2016 (terça-feira) 

17h  - Desfile do Bloco Faraó Kids

18h Desfile do Bloco das Piranhas

22h Desfile dos Blocos Oficiais: My Love, Faraó.

Dia 13/02/2016 (sábado) 

22h Encerramento da programação com Carnaval Indoor no corredor da folia.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

4° Batalhão de Santana prende colombianos por estelionato

Uma equipe da CERPM (Companhia Especializada em Rádio Patrulhamento Motorizado) comandada pelo Sargento Kleber Picanço, após ser acionada pela Central de Operações do 4° Batalhão da Polícia Militar de Santana, entrou em contato com a vítima no Porto de Santana. 

A vítima informou ser é dono de uma joalheria na capital (Macapá) e que no dia de ontem (05/02), sexta-feira, os colombianos Ivan Alberto Diaz Ramirez, de 38 anos, e Celestino Pava Ser Ano, de 74 anos, que, se passando por dono de um garimpo na Guiana Francesa, foram quem ofereceram o suposto produto para a vítima. 

A vítima negociou com os infratores meio quilo de ouro pelo valor de R$ 45.000,00 (quarenta e cinco mil reais) sendo, tendo adiantado aos infratores o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e pagaria o restante no dia de hoje (06/02). 

Quando a vítima foi fundir o ouro percebeu que havia sido enganada e passou a procurar pelos infratores e os encontrou hoje no interior do barco Ana Beatriz, no Porto de Santana, já tentando fugirem do Estado. 

Na busca pessoal e nas bolsas dos infratores foram encontrados aproximadamente 4,700 kg de metal amarelado triturado, o valor monetário de R$ 13.174,80 (treze mil cento e setenta e quatro reais e oitenta centavos) em Dólar, Euro e peso colombiano. 

Também foi preso Omar Enrique Pineros Santana, de 51 anos, que estava com os dois que abordaram a vítima no dia anterior, inclusive era quem transportava o metal triturado. Infratores, vítima e todo o material apreendido foi apresentado na central de flagrantes de Santana. 

Informações da Ascom PM-STN

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Vara de Santana confirma acertos que serão aplicados durante o período de Carnaval

Em reunião realizada no início da semana, no Fórum da Comarca de Santana, a juíza Larissa Noronha, titular da Vara da Infância e Juventude de Santana, esclareceu os cuidados que os representantes dos blocos de micareta, representantes de eventos e de locais de diversão noturna devem tomar, sobretudo quanto às regras e normas estabelecidas na Portaria 053/2014, que disciplina o ingresso e permanência de crianças e adolescentes nos locais dos eventos.Segu 

ndo os organizadores, estima-se um público de 50 mil pessoas por noite para o carnaval de rua santanense. Sobre esse aspecto, a magistrada confirma a necessidade de um aparato a garantir segurança e cuidados na participação e frequência de infantes nos locais das festas carnavalescas. 

A magistrada esclareceu, na ocasião, os caminhos a garantir a legalidade da permanência de crianças e adolescentes nos eventos e espetáculos públicos, sem o acompanhamento dos pais ou responsáveis, que, se não cumpridos pelos organizadores, terão conseqüências punitivas, aplicadas pela Justiça. 

O coordenador do comissariado, Lauro de Paula, fez reforço da programação, que vai iniciar na sexta-feira, dia 05 de fevereiro, quando uma ação noturna em caráter preventivo/educativo, envolvendo o comissariado e órgãos da segurança pública do município e do Estado, vai realizar entrega de matérias informativos nas praças de Santana, lanchonetes, bares, boates e congêneres. 

Do dia 06 até o dia 09 de fevereiro, a partir das 21 horas até a madrugada, a fiscalização será intensa, especialmente no corredor da folia do município para verificar se a Portaria está sendo cumprida. 

A juíza advertiu que o Comissariado irá intervir nos eventos caso haja descumprimento das orientações. Por outro lado, fez lembrar que o carnaval é uma festa popular, mas deve ser realizada com responsabilidade.

Justiça mantém proibido os cortes de energia elétrica em Macapá e Santana

Reclamações começaram a surgir pela Promotoria
de Defesa do Consumidor em Santana.
A Justiça, mais uma vez, deferiu o pedido do Ministério Público do Estado (MP/AP) para que a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) se abstenha de efetuar os serviços de cortes de energia elétrica por falta de pagamento, nas residências de consumidores que seriam supostamente inadimplentes, referentes às faturas dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2015 e janeiro de 2016. 

“Apesar de já estarmos no mês de fevereiro, a Ação Civil Pública proposta pela Promotoria de Defesa do Consumidor de Santana, declinada pelo juiz ao foro da Capital por ser um dano regional, teve manifestação favorável ao MP. A PRODECON em Macapá solicitou que os efeitos da liminar de Santana se estendessem para todo o estado, baseada, inclusive, no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) do mês de dezembro”, relata o promotor substituto Saullo Patrício, que está respondendo pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Macapá. 

O MP/AP, desde o ano passado, vem recebendo inúmeras reclamações nas Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor em Macapá e Santana, a respeito dos valores abusivos nas contas de energia. 

Fonte: Ascom/MP

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Judiciário e MP/AP disseminam a cultura de paz em escolas de Santana

Com o intuito de promover a capacitação e a formação dos educadores para enfrentar situações violentas nas escolas e fomentar a cultura da paz a partir de uma abordagem integrada, cooperativa e humanitária, o Curso de Formação de Facilitadores em Práticas Restaurativas na Educação, que está sendo realizado desde ontem (03) na Escola Municipal Piauí, localizada no distrito do Igarapé da Fortaleza, em Santana. 

O Poder Judiciário amapaense executa com o Ministério Público e Governo do Estado, o curso "Escola Restaurativa: Promovendo uma cultura de paz", objetivando capacitar a equipe escolar para instituir e difundir no âmbito educacional uma cultura de paz, de forma a servir de instrumento para o enfrentamento dos conflitos no cotidiano escolar. 

A professora de educação física, Sumaya Quemel, que está participando do curso, ressaltou o entusiasmo sobre a capacitação que está recebendo. “Está sendo muito instrutivo participar deste curso para adquirir novos conhecimentos e assim melhor administrar as ocorrências de violência nas escolas.” 

A juíza da infância e juventude de Santana, Larissa Noronha, pontuou que o objetivo do programa busca pacificar as relações no ambiente escolar, propiciando um ambiente de diálogo e de bem-estar construtivo. 

“O programa escola restaurativa tem como objetivo principal trazer para as escolas a capacitação em justiça restaurativa para professores, diretores, serventes e merendeiras, propiciando uma nova cultura de paz nas escolas e melhor solucionando os muitos problemas que enfrentam.” 

A Promotora de Justiça, Silvia Canela, ressaltou o que as escolas irão adquirir após a capacitação do curso. 

“A partir desta capacitação, cada escola terá um núcleo para gerir os conflitos surgidos, prevenindo a violência e gerando a cultura de paz.” O evento segue até a próxima sexta-feira (5), com palestras e atividades em grupo.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Tarifa da linha Macapá-Santana vai para R$ 3,00

Os usuários que utilizam diariamente a linha Santana-Macapá e vice-versa terão que desembolsar, a partir da semana que vem, mais 28% acima do valor que já vem sendo pago pela viagem. Ou seja, a tarifa – que atualmente custa R$ 2,35 – vai passar para o valor de R$ 3,00. 

A informação já foi confirmada pela Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) esta semana, que apenas aguarda a publicação no Diário Oficial do Estado, concedendo o referido reajuste entre os dois maiores municípios amapaenses. 

Segundo a assessoria do Setrap, o pedido de reajuste foi protocolado pelo Sindicato de Empresas de Transportes de Passageiros do Amapá (Setap) em setembro de 2015, que alegou que os empresários (donos da empresas de coletivos públicos) estariam sofrendo constantes gastos operacionais em suas frotas, e que este reajuste não vinha sofrendo mudanças há mais de seis anos. 

Porém, vale ressaltar que o último reajuste na tarifa do transporte intermunicipal Macapá-Santana aconteceu em junho de 2013, por determinação do Governo do Estado que diminuiu a carga tributária do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) cobrada na compra de combustível para os ônibus, o q eu causaria uma redução no preço da tarifa, que caiu de R$ 2,50 para R$ 2,35. 

Segundo dados, mais de 10 mil pessoas utilizam diariamente o serviço intermunicipal entre essas duas cidades, tanto para se deslocarem para o trabalho, como para faculdades e outras instituições de ensino situadas na capital. 

Desagrado popular
A notícia sobre o novo reajuste na tarifa intermunicipal não agradou nem um pouco aos usuários da linha. Há quem cogite até mesmo as possibilidades de utilizarem de outros meios considerados ilegais. 

“Assim não tem condições. Ter que pagar agora um valor desse, é preferível pagar por ‘lotação’ que sai mais em conta, que você acaba chegando mais rápido no local que quiser”, questionou o acadêmico Renato Ferreira, usuário do itinerário intermunicipal, que ainda utiliza dos veículos que cobram preços relativos para carregar pessoas entre os dois municípios. 

Em nota, o Setap acredita que a nova tarifa deva começar a vigorar ainda essa semana.

Chuvas já deixam seus danos visíveis na cidade

Chuvas: árvores foram arrancadas pela ventania.
Desde o último final de semana que fortes chuvas estão caindo na cidade de Santana, onde ventos com velocidades variáveis (entre 50km e 60km/h) já estão deixando inúmeros rastros de prejuízos, tanto de natureza vegetal, como materiais. 

Um desses danos causados pela adversidade da chuva é vista na Praça da Bíblia, localizada no canto da Avenida Santana com o portão da antiga mineradora Zamin, na Área Portuária de Santana. 

Duas árvores de espécie espinheira foram arrancadas do solo concretizado (calçamento com bloquetes) devido às fortes chuvas que caíram na madrugada da última terça-feira (02). A força dos ventos foi tão grande que ainda arrastou uma das árvores por quase um metro de distância. 

De acordo com trabalhadores lotados em lojas comerciais situadas nas proximidades da praça, a ventania das chuvas chegou também a arrastar outros materiais que podiam ser facilmente erguidos. 

“O vento era tanto que teve cadeiras de bar que foram arrastadas. Ainda bem que ninguém se feriu”, disse a vendedora Odaléia Brito, que trabalha numa loja de confecções de roupas e calçados. 

Funcionários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Resíduos Sólidos (Semdures), ligados à Prefeitura de Santana, estiveram no local na manhã desta quarta-feira (03), onde já determinaram pela imediata recuperação urbanística da praça. 

Telhas arrancadas
Além da praça, diversos telhados de residências localizadas no bairro Jardim de Deus chegaram a ser arrancadas das estruturas de algumas casas. 

Segundo o braçal José Antônio, duas telhas da sua residência chegaram a sofrer danos mais sérios, o que lhe obriga a substitui-las o quanto antes. 

“Vejo pelo lado bom que foi somente as telhas, meu medo era que quebrasse as paredes ou coisa pior. Mas graças a Deus que isso (a chuva) é somente momentâneo”, disse. 

Mas segundo o serviço de Meteorologia do Instituto de Pesquisas Científicas do Amapá (Iepa), a previsão de novas chuvas continuarão esta semana em vários municípios amapaense, incluindo Santana.